domingo, 3 de agosto de 2008

Robert Morrison, o primeiro missionário protestante na China

.

Blog Ojo Protestante

Tradução: João Cruzué

Robert Morrison nasceu na Escócia em 1782, de uma piedosa família de crentes Presbiterianos. Eram muito pobres e seu pai trabalhava fabricando formas de sapatos. Robert teve que deixar os estudos ainda criança para ajudar-lhe, mas como gostava de aprender, seguiu com os estudos em casa.

Aos 15 anos entendeu o que é mais importante na vida: que ele era um pecador, um homem perdido e para se salvar devia aceitar a Jesus como seu Salvador. Assim ele fez, e depois disso, compreendeu que era seu dever levar também a outros a história desse Salvador para que todos também pudessem se livrar de seus pecados.

Depois de trabalhar por uns tempos nas Igrejas da Inglaterra, Morrison associou-se na Sociedade Missionária de Londres com a idéia de se tornar um missionário na China. Por essa ocasião já dominava o latim, o grego e o hebraico.

Como não havia nenhum missionário protestante ainda na China, Morrison se apresentou para ser o primeiro. Como a principal tarefa que lhe haviam encomendado foi a tradução da Bíblia para o mandarim, se propôs a estudá-lo, enquanto se preparava em medicina e astronomia.

Quando encontrou um manuscrito que continha a tradução de alguns trechos da Bíblia em uma biblioteca, tirou uma cópia para estudar detalhadamente, com a ajuda de um chinês que se ofereceu para ajudar. Esse esforço lhe foi muito útil, pois lhe permitiu economizar um tempo precioso quando esteve na China.

Para chegar até teve que viajar por cinco meses. Em 04 de setembro de 1807 aportou-se na cidade de Cantão, ao SUL do país, ao lado de Macau, uma colônia portuguesa. Permaneceu ali durante algum tempo, depois conheceu a jovem Mary Morton, com quem se casou em fevereiro de 1809.

Morrison não se deu conta de quão grandes eram as dificuldades que precisava vencer para chegar lá. O que sabia do idioma não lhe permitia o necessário para uma tradução, e quando buscou um mestre não pode encontrá-lo, pois havia uma lei que condenava à morte qualquer pessoa que ensinasse a língua chinesa a um estrangeiro.

Finalmente apareceram dois homens que tinham conhecido alguns missionários católicos que aceitaram ajudar, embora cheios de temor. O medo que possuíam não era tanto quanto à morte em si, senão pela sua forma, em meio a torturas terríveis. Estavam a tal ponto assustados que levavam sempre consigo um frasco com veneno para suicidarem-se caso fossem descobertos.

Aprender o chinês não era coisa fácil e por aquela época era ainda pior, pois não existiam nem dicionários nem bons professores.

John Wesley afirmou certa vez que “ O chinês era um invento do diabo para que não se pudesse pregar o evangelho aos chineses”. Milne, um missionário que mais tarde seria companheiro de Morrison, dizia que para aprender o mandarim era preciso: um corpo de bronze, pulmões de aço, cabeça de carvalho, olhos de águia, coração de apóstolo e memória de anjo... e a vida de Matusalém”

Além de trabalhar na tradução da Bíblia, Morrison se ocupou de fazer uma gramática e um dicionário, para que os missionários depois dele, pudessem aprender o idioma com mais facilidade.

Um chinês chamado Tsae A-ko, foi um grande instrumento preparado por Deus para ajudar o trabalho de Morrison.. Ele ia de noite a sua casa, as portas e as janelas eram bem fechadas, para que ninguém de fora visse o que faziam, por que corria perigo de vida, e ali se punha a traduzir ou corrigir, enquanto que Morrison lhe ensinava as verdades do Evangelho.

Foram gastos 14 anos para traduzir a Bíblia e 16, para concluir o dicionário que foi editado em quatro volumes, com cerca de 4.500 páginas cada um. Tsa A-Ko compreendeu finalmente que aquilo que o missionário lhe ensinava era a Verdade e se batizou em 1814, tornando-se então o primeiro evangélico chinês

Depois de ter traduzido a Bíblia, o problema era sua publicação, pois as penas para quem imprimisse livros cristãos eram tão severas como para aquele que ensinava o idioma. Afortunadamente, depois de muito trabalho, Morrison encontrou quem o fizesse, todavia secretamente. Para diminuir o medo do impressor, quando os pacotes com as Bíblias eram entregues, ele os rotulava com um título falso para disfarçar o “perigoso conteúdo”.

Porém, Morrison não se dedicou somente a traduzir, senão que chegou a estabelecer uma escola chamada Colégio Anglo-Chinês, mais tarde conhecido como Ying Wa College. Esta escola foi transladada para Hong Kong no ano de 1843, quando este território passou a ser controlado pelos britânicos. Esta instituição permanece até os dias de hoje como uma escola secundária.

Robert Morrison nunca teve uma boa saúde e, como trabalha muito, era mesmo impossível que sarasse completamente. Morreu quase repentinamente em 1º de agosto de 1834 em Cantão, China, quanto tinha 52 anos.

Durante sua vida conseguiu a conversão de poucas pessoas, mas seu trabalho traduzindo a Bíblia, preparando o dicionário inglês-mandarim e de edição de uma gramática sino-inglesa, fez com que fosse possível a conversão de milhares de chineses depois da sua morte.

Fonte: http://biografas.blogspot.com/2007/03/robert-morrison.html

Tradução de João Cruzué
SP 03.08.2008

cruzue@gmail.com



.

22 comentários:

Polêmica disse...

Todas as pessoas que ajudaram a traduzir a Bíblia em todos os idiomas em que ela é traduzida hoje, foram pessoas realmente instruídas por Deus, que passaram por dificuldades, perseguições mas, foram fieis a este proposito, através delas a palavra pôde chegar ao alcance de pessoas desse mundo inteiro!

Beijinhos!!!

Irmão João disse...

.

Obrigado, filha.

Uns trabalham muitos anos traduzindo e não ganham muitas almas. Talvez morrem chateados por não conseguirem ver o resultado do trabalho - que são justamente as almas convertidas.

Depois, vem outro e ganha milhares de almas, usa a Bíblia traduzida, e passa a vida interia alegre, satisfeito com tão grande resultado.

Mas as recompensas serão diferentes, de acordo com o verdadeiro trabalho de cada um, sem hipocrisia. No tribunal de Cristo, quando o trabalho de cada um passará pelo fogo, aquilo que não virar cinza, será premiado com justiça.

E diz a bíblia que os justos resplandeceram como o sol.

Ô Glória!



.

Pablo disse...

Olá quero agradecer por essa tão importante informação...

É muito bom conhecer histórias como essas após Jesus Cristo...

Fico muito feliz, e parabéns pelo trabalho de informações sobre esse assunto.
Gostaria de saber sobre um chinês chamado pon cho não sei se é essa a pronuncia mas é muito do meu interesse pessoal e agradeceria muito se pudessem me informar sobre a história desse missionário.

Agradeço desde já...

Atenciosamente Pablo Ribeiro Caldas Novas, Goiás, Brasil.

Thábata Reis disse...

Olá, meu amado! Maravilha de Deus poder compartilhar o que Deus tem feito naquele país tão sofrido. Estive alguns dias na china a umas 3 semanas e mesmo de longe pude ver a carencia que aquele povo tem de td, principalmente de Jesus. Foi benção encontrar seu blog.

Fique com Jesus!

Thábata Reis disse...

Olá, meu amado! Maravilha de Deus poder compartilhar o que Deus tem feito naquele país tão sofrido. Estive alguns dias na china a umas 3 semanas e mesmo de longe pude ver a carencia que aquele povo tem de td, principalmente de Jesus. Foi benção encontrar seu blog.

Fique com Jesus!

Marta Cardoso disse...

Passar por aqui sempre reserva momentos de muita descoberta, para que eu fique ainda mais maravilhada com tudo o que Deus faz e do jeito que faz. Nossa igreja aqui em Belém, está recebendo de forma tremenda a direção do Senhor para lançarmos o nosso pão, como em Eclesiastes 11 (li um texto sobre agorinha nesse blog).

Esse é um testemunho claro de como é essa coisa de lançar o pão. As vezes ficamos ansiosos demais, achando que o milagre da frutificação virá através de uma unção irresistível, para que vidas se convertam através do nosso falar. Eu mesma preciso mudar esse conceito, pois há vários formatos de pão e diferentes águas. É Ele quem decide e o resultado pertence a Ele.

Esse foi um grande lançamento na China. Glórias ao Rei!!!!!!!!!

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro irmão João Cruzue,
A Paz do Senhor1

Oro mais ainda ao Senhor pedindo que continue te dando graça e incentivo para esse trabalho silencioso e glorioso.

Parabéns pelas informações. O hino então é de uma unção especial.
Ainda que não entendendo a letra, fui edificado no espírito ao ouví-lo.

Muito obrigado!

Seu conservo,
Pr. Carlos roberto

Denise Malafaia Cerqueira disse...

É tremendamente edificante e estimulante à nossa fé conhecer as histórias desses servos de Deus, que em tds as gerações o Senhor da igreja levanta, para dar continuidade à Sua obra!Servos obedientes, que renunciaram ás suas próprias vidas para que homens e mulheres sem Cristo, pudessem conhecer o evangelho que é o próprio Jesus Cristo. "Homens dos quais o mundo não era digno..." Aleluia!
Certamente.meu irmão, que Deus o fortalecerá para o bem, para que estes testemunhos cheguem a tds os que têm acessado a net.
Estarei repassando aos que não acessam a net, tb.
Em Cristo paz!
Denise, filha de Sara

Eduardo Santana disse...

A paz do Senhor Irmão missionarios, meu nome é Eduardo Pedro, moro em Maceió-Al, Brasil, estou aqui muito comovido com a situação terrivel em que achina esta vivendo, mais não basta apenas ficar lamentando essa catastrofe de braços cruzados, eu me disponibilizo a ajudar voces nesse projeto, manden a sua suas informações para meu blog que aparaca: projetorestaurandovasos.blogspot.com . Eu irei ajuda-los com oração e renda bancaria, Deus vos abençoe e abençoe a China!

A Semeadora disse...

Caro Irmão!
Que benção encontrar seu blog!
Me converti recentemente e tenho me alimentado diariamente da Palavra através do Alimento Diário escrito pelo irmão Dong Yu Lan.
Li há pouco a biografia de Watchman Nee, escrita por seu discípulo Witness Lee, que tem uma vasta literatura bíblica. Ainda estou tateando na vida da Igreja, mas graças ao Senhor tenho crescido cada dia um pouco mais.
Seu blog me acrescentou muito. Conhecer a história nos ajuda a entender como somos agraciados com a misericórdia do Senhor!
Deus te abençoe!

Gê e Dé Nascas disse...

Graça e Paz irmão!Gostamos mto do conteúdo do seu blog.Q Deus lhe dê força pra continuar nesse propósito.

Convidamos vc a visitar o nosso espaço!E podendo faça como nós e comente.Faça um blogueiro feliz!

http://www.nascas.blogspot.com

Hélio disse...

PAZ DO SENHOR, SOU PASTOR DE UMA IGREJA EM SÃO PAULO BRASIL, E TEMOS UM SITE www.cultoaovivo.com , e coloco o espaço que temos para divulgar os trabalhos dos irmãos GRATUITAMENTE pois temos ~visão de missões e creio que desta forma podemos ajudar um pouquinho.
parabéns pelo blog.

Deus lhes abençoe sempre.

Pastor Hélio Pereira dos Santos
igrejaatosdosapostolos@hotmail.com
helioatosapostolos@hotmail.com

taina disse...

Olá Irmão...
Tremendo ver todas essas fotos e saber que a obra de Deus não para..que existem pessoas como vc e entre outras que tem um gde amor pela obra de Deus e pelo Campo missionario...amo esse povo e oro por eles!
Seu blog é muito precioso,gloria a Dus pela sua vida!
Tainá
Cps - SP.

Eduardo disse...

Amados eu estou muito comovido com pos problemas que acontecen na China, mai ainda com crises tem crentes que não renucião o evangelho! http://projetorestaurandovasos.blogspot.com/

Marlon/Leane disse...

Jesus volta, toma tudo em tuas mãos, Verbo Guia.

Josiel Dias disse...

olá Meus irmãos; Graça e Paz.
´
Parabéns pelo blog tão abençoador. Aprendendo uns com os outros crescemos na graça e no conhecimento. São blog's assim como este que serve como ferramenta para o nosso crescimento espiritual. Gostaria também de compartilhar o nosso Blog

" Mensagem Edificante para Alma"
http://josiel-dias.blogspot.com/

Fiquem na Paz.

Josiel Dias
Cons Missionário
Congregacional
Rio de Janeiro

CARLOS MARCIO disse...

A paz do Senhor meu irmão. O conteúdo exposto aqui eh de grandíssimo valor, principalmente para aqueles que compreendem o ide do Senhor e desejam levar a preciosa semente a quem não tem .
Estas biografias nos edificam muito.
Aqueles que andando no tempo e chorando nas provas lançaram a semente, certamente Deus não permitiu que vissem os frutos para a glória ser do Senhor, mas o Pai reservou para eles colherem os frutos no galardão da eternidade.
Que o Senhor continue abençoando o seu trabalho de nos canalisar estas maravilhas produzidas pelo Espirito Santo que tem o poder de nos confortar e encorajar!

Conselhos de Cristo disse...

História interessante e muito edificante, que vanhamos tomar este homem de Deus como exemplo, e nos decdicarmos a algo para o Senhor Jesus que perdure até que milhares ou milhões de almas se convertam a Cristo.

Vilma Pires disse...

Graça e paz irmão!Sou promotora de Missões e já conhecia o trabalho árduo dos missionários na China através de videos disponibilizados por minha denominação.Gostaria ,se possível,a sua permissão para divulgar uma ou duas fotos no meu blog,do qual o irmão já participa(Celeiro Missionário)Sou conhecida do Sammis Reachers e membro da UBE,caso queira se informar.Aguardo resposta.

Anônimo disse...

Olá!
Gostaria de saber se vocês conhecem alguma lugar no Brasil em que eu possa comprar bíblias em mandarim ou alguma outra forma de adquiri-las, mesmo que seja necessário importá-las.
Ficaria muito grata.
Deus te abençoe.

Faculdade Teológica disse...

É tão maravilho ver o povo com anseio da palavra do Senhor Jesus!

William Dias disse...

Que Deus abençoe esse Pais hoje amanha e sempre com 1000,000,000,00
no nome de jesus cristo amen ate a vinda de cristo